A Família que temos: 2017
Pe. Scaravelli, c.s.

Esse domingo a Igreja celebra a Festa da Sagrada Família: Jesus, Maria e José. A imagem que temos dessa família é de uma família serena, sem problemas, os pais ajoelhados diante de Jesus, indo para a Sinagoga nos dias sábados, José trabalhando na carpintaria de Nazaré.Mas na verdade, os evangelhos descrevem graves dificuldades e conflitos, como a fuga para o exílio perseguidos por um ditador ávido de poder, o desaparecimento do filho que poderia ter sido um sequestro, a condenação à pena de morte, castigo máximo após um julgamento totalmente injusto envolvendo interesses políticos e religiosos.  Foram graves dificuldades como o seria para qualquer família de qualquer tempo.

 Como todas as famílias em algum momento passam por dificuldades, a Igreja nos propõe a de Nazaré como modelo de fortaleza, de confiança mútua, de perseverança e de fé.

A família é a célula da sociedade, ela existiu antes dos Estados, antes dos governos e antes de qualquer Constituição. É a família que garante a nossa organização social e hoje ela está ameaçada.

Existem ideologias e formas de pensar que ameaçam a família fundamentada na fidelidade, no amor, no sacrifício e composta de pai, mãe e filhos. Há novelas, livros, revistas e programas de T.V. que propõem modelos de casais que vivem na infidelidade como algo natural, sem maiores consequências e isso vai enfraquecendo o valor da fidelidade e vai matando a confiança no lar. A pobreza extrema também pode afetar as famílias, assim como a migração. As drogas, o jogo, o álcool sempre foram fatores de destruição familiar.

 Quando presenciamos a delinquência juvenil, a malcriação dos estudantes nas escolas, e a violência nas ruas, imediatamente colocamos a culpa na família ou na falta de família ou na desintegração da família e com toda a razão.

Esses antivalores   nascem na ausência da família, ou interior das famílias onde não há amor, respeito, obediência. Há casas que se transformam em ninhos de raiva e consequentemente a consequência explode na sociedade, nas escolas com desequilíbrios emocionais.

 A Palavra de Deus nos exorta a honrar pai e mãe. Para algum esse mandamento é fácil, para outros é muito difícil. No entanto Deus não diz, honra teus pais se são bons contigo, ou honra somente a tua mãe, ou honra o teu pai até que ele for lúcido, mas diz: “Mesmo que esteja perdendo a lucidez, procura ser compreensivo com ele. Honra teus pais e terás uma longa vida”.

A Palavra de Deus nos dá motivos fortes para honrar os pais. “Quem honra o seu pai alcança o perdão dos pecados e será ouvido na oração”. E também diz que terá a alegria dos filhos, muitas bênçãos e terá uma vida longa.

 Deus semeou em nossos corações esse desejo de amar e honrar os pais, porque para Deus, a família é o lugar onde aprendemos amar, e nos preparamos para a vida. Se não aprendermos amar na família, não seremos capazes de amar na vida, ser bons esposos, bons pais, bons cidadãos.

Amar é abraçar os diferentes. Na família, todos são diferentes. Os amigos podem ser escolhidos por interesses comuns, a namorada também, mas a família é aquela que Deus nos deu. E a ela devemos honrar.  A família existe para que seres diferentes aprendam a amar-se. E o amor nos fará triunfar.

A família mais diferente é aquela que estamos celebrando hoje: O Menino era Deus, Maria, criatura humana, mas cheia de graça de Deus, e José, um varão humilde, e justo.

Todos diferentes, porém, o amor os uniu pôr em cima do sofrimento, das alegrias, das dúvidas, da perseguição, da fuga para outro país, da condenação e morte do filho.

 Não sei o que você estará pensando. Talvez em sua família. É a família que Deus te deu para que possas amá-la e honrá-la, mesmo que não seja a ideal; mesmo que seja complicada, essa família é um presente de Deus.

 Honra teus pais e terá as bênçãos de Deus. Ama teus filhos e serás feliz.

 Que Jesus, Maria e José nos ajudem a melhorar as nossas relações familiares, a enfrentar as provas e as dificuldades da vida com amor, tolerância e fé.

 Abençoa Senhor a fam

 
Write a comment:

*

Your email address will not be published.

© 2014 Apostolado Brasileiro | Unindo Católicos Brasileiros na Grande Boston.
Siga-nos:                   

Facebook