1º. Dom. quaresma –Pe Scaravelli,c.s 

No início da Quaresma, encontramos Jesus tentado pelo diabo. A Bíblia tem vários nomes para este personagem: diabo, demônio, lúcifer, satanás. Os demônios, Rubens Alves explica com perfeição,  são os que estão dentro de nós,  e só com muita oração e boa vontade e chamando-os pelo nome  poderemos expulsá-los. Quais são eles? A inveja, o egoísmo, o ódio, o ciúme exagerado, a baixo-estima, a depressão, o desânimo, entre outros.O diabo é o que vem de fora e tem uma  missão da qual deriva o nome: diabo é o que separa, o que arranca; dia – bulus, palavra grega, é  o que divide. O diabo  está presente no mundo – que o ignora e o torna frívolo – nos medos, nos dramas, nas mentiras e nos vazios do homem pós-moderno, aparentemente descontraído, que pula carnaval, brincalhão e divertido.Com Jesus, como com todos, o diabo procurará fazer uma única tentação:  romper a comunhão com Deus Pai. Para este fim, todos os meios serão aptos, desde citar a própria Bíblia até fantasiar-se de anjo da luz como vemos no evangelho de hoje. Há discursos políticos, há discursos ideológicos que falam de Deus e em nome de Deus, mas que são racistas, machistas, xenófobos, anti- imigrantes,  anti – pobres, em nome de Deus defendemos o status quo, defendemos os direitos dos mais poderosos.As três tentações de Jesus são tentações do mundo atual:- Converter as pedras em pães, isto é, querer resolver os nossos problemas sem trabalho, como se eles não fossem da nossa responsabilidade, sempre esperando  a intervenção milagrosa de Deus.- Dinheiro e Poder: O ser humano em seu vazio existencial quer ser dono de tudo. A vergonhosa concentração de renda, do dinheiro no mundo como denuncia o Papa Francisco. A eterna insatisfação com o que temos e a ganância de querer  sempre mais não importando de que forma o adquirimos.- Desafiar a Deus e colocá-lo `a prova: Se Deus existe por que não termina com as guerras que matam tantas criancinhas? Por que não castiga os maus? Se existe Ele deve me salvar, deve me ajudar.Em outras palavras: o dia-bolus buscará conduzir Jesus por um caminho no qual Deus deve cumprir com seus desejos e necessidades senão será  banal e inútil. + A tentação do deus ter: exagerada preocupação pelo dinheiro,  pelo consumismo, pelas “devoções” a loterias e jogos.+ A tentação do deus-poder: poder para dominar e não para servir.+ A tentação do deus prazer:  o hedonismo, o prazer como forma de buscar felicidade.Ninguém duvida de que existem mil diabos, que nos encantam e nos seduzem a partir da chantagem, apresentando tudo fácil e atrativo, e nos separam de Deus, dos demais e de nós mesmos.No deserto, com a oração e o jejum Jesus nos ensinou a vencer o diabo. E durante sua missão expulsou os demônios de todas as pessoas possuídas que lhe eram apresentadas.- A Quaresma é um tempo para voltarmos para Deus, unindo novamente tudo o que o diabo  separou. Nós e Deus. Nós e a família. Nós e  a Comunidade.- A quaresma é o tempo de domesticar os demônios que temos dentro de nós e que nós conhecemos.Será uma batalha difícil, uma luta cuja vitória só será alcançada com através da  oração, do sacrifício e muito amor.

Share
Write a comment:

*

Your email address will not be published.

© 2014 Apostolado Brasileiro | Unindo Católicos Brasileiros na Grande Boston.
Siga-nos:                   

Facebook